Há pessoas que querem ser BONITAS pra chamar atenção, outras desejam INTELIGENCIA para serem admiradas, mas existem aquelas que cultivam a alma e os sentimentos e então alcançam o carinho de todos, além de belas e inteligentes tornam-se realmente PESSOAS.



17 de dezembro de 2014

Aceite o término


Acabou. A-CA-BOU! Aceite isso de um vez por todas garota, coloque isso na cabeça antes que seja tarde demais. Retire-o do seu coração, limpe a bagunça que ele deixou ai. Tire a poeira dos quatro cantos e use amor novo para colar todos os pedaços no seu devido lugar. Abra as portas e as janelas, deixe o sol entrar e iluminar a escuridão, acender de novo essa chama que ele apagou quando partiu, preencher esse enorme vazio que te incomoda e te faz sentir incompleta.

Seguir em frente


A vida está ai e sei que muitas coisas vão acontecer, já amadureci muito e sei que vou resolver cada situação, mesmo sabendo que ficarei perdida algumas vezes. Eu acredito que no final tudo fica bem, as coisas se resolvem, na verdade, nós resolvemos! Apesar dos tombos, das rasteiras que a vida dá, estamos aqui para cair e levantar, e o mais importante: aprender.

26 de novembro de 2014

Idas e vindas





Eu voltei. Voltei porque o amor transbordava, porque eu não conseguia focar nos relatórios da faculdade, ou dormir sem antes lembrar do sorriso dele. Eu voltei porque a preocupação que eu tinha em saber se ele estava se cuidando, era bem maior que a vontade de fingir desinteresse.Voltei porque o som do riso dele sempre foi a minha canção predileta. Voltei porque o carinha boa pinta do ônibus, usava o perfume dele, e isso me fazia lembrar dele. Voltei porque sempre que o telefone tocava meu coração saltava, na esperança de ser a voz dele, do outro lado da linha. Eu voltei, voltei porque o ciúme dele, não superavam todo o amor que eu ousei sentir por ele. Voltei porque o meu orgulho não me trazia a paz que a presença dele me transmitia, e nem me aquecia nos dias frios. Voltei porque a voz dele me acalmava. Voltei porque as tentativas de odiá-lo, foram frustradas. E mesmo de longe, o meu amor só aumentava. Mas não foi o bastante, não dessa vez. Preciso lembrar que apesar de todo o bem que me proporcionou, nada superou a dor que ficava quando ele ia embora. Eu perdoei erros dele, tentei lidar com a falta de interesse, procurei motivos pra não deixá-lo, qualquer coisa que me fizesse ficar. Mas foi inútil, os danos não o fizeram crescer, e foi preciso aceitar os fatos…Acontece que eu cansei de jogar o joguinho dele, as regras mudaram, e o jogo já não é o mesmo. Hoje voltei só pra dizer que não volto mais. Existe uma barreira chamada razão, que já não me permite caminhar até você. Não tenho mais forças pra lutar contra o seu orgulho, nada mais me motiva a ficar. Foi-se o tempo em que as migalhas do do amor dele, pareciam o suficiente. Não é, nunca foram, só agora me dei conta. Preciso de alguém que me complete, queira bem, alguém que valorize o meu amor, e o devolva em sorrisos, abraços, carinho, proteção, e cuidado. Decidi remar pra o lado oposto, hoje eu faço questão de ir, arrumei minhas coisas, deixei tudo no lugar, organizei a casa, e também o coração, tá tudo em ordem. To torcendo pra que ele encontre alguém que não precise voltar, alguém que fique. Pois essas idas e vindas, destrói qualquer sentimento bom. Sabe o sorriso dele? Já não é mais o meu predileto, o telefone toca, e não é a  voz dele que eu desejo ouvir. Finalmente passou, percebi que não tenho vocação pra amar sozinha.

(Texto Parafraseado - Desconheço o autor)

7 de novembro de 2014

Seguir em frente



O medo sacode o coração, faz o mar recuar, saudade bate como vento forte. É a maré subindo, me molhando feito areia sem saída, me debruço sobre a boia, não sei nadar, mas não me afogo. Aprendi que em correnteza forte não se nada contra, apenas deixe que te leve. Há tantas praias para se conhecer quando o mar se acalmar. Não deixe que a água gelada te assuste, no final a areia é branquinha e a vista inesquecível.

Vida a dois




Não existe renúncia, existe entrega. Não existe culpa, existe escolha. Ninguém entenderá o que vocês estão vivendo, além de vocês mesmos. O amor é um segredo a dois. Transforma tudo o que é errado em personalidade. Transforma tudo o que é certo em lembrança. O amor é coragem. Só pode ser feliz quem não esconde seu rosto. O amor é incurável. Não tem como trocá-lo por nada. É uma amizade cheia de desejo. Vocês não precisam de explicação porque se compreendem pelo olhar. Não precisam de paz, a confiança é o início da fé. Não precisam temer problemas, basta se abraçar dentro de um beijo. Vocês nasceram sozinhos, mas jamais ficarão de novo sozinhos. Estarão se acompanhando a vida inteira, até depois do fim. Se um esquecer, o outro vai lembrar. Se um vacilar, o outro vai amparar. São inteiros sendo dois. Mais inteiros hoje do que quando nasceram. A eternidade tem inveja de vocês.

- Fabrício Carpinejar

Reflita



“Ponha fones com sua música favorita, vá para um lugar calmo, desabe em folhas de papel, converse com uma pessoa idosa ou bem mais velha que você, mande sms para sua mãe dizendo que a ama, grite o mais alto que puder, veja um filme que você nunca ouviu falar, deixe sentirem sua falta… Se no final do dia ou no amanhecer do outro ninguém lhe procurar, reveja suas amizades.

Desvaneios



Eu não sei como você está agora, mas gostaria que estivesse sorrindo, sorrindo ao máximo, sorrindo de chegar a dar aquela dorzinha gostosa na barriga, e por favor fique bem, fique muito bem, se cuida em dobro, por mim e por você. Há alguém aqui que se importa muito, e esse alguém costuma chorar de vez em quando por saudades suas, mas sei que um dia vou te encontrar novamente.


21 de setembro de 2014

O cara perfeito


Um cara que queira você como você é. Que você não precise impressionar. Que seja inteligente. Educado. Delicado. Na medida certa. Nem mais, nem menos. Que entenda seus momentos de fúria. Que ache você bonita mesmo descabelada. E suada. Que respeite seus momentos de raiva. Que saiba a hora exata de se abaixar para não ser atingido com algum objeto pontiagudo ou cortante. Que se importe com você. Que não seja chinelão demais, mas que não seja engomadinho demais. Que seja lindo. E cheiroso. E que não tenha dois milhões de pêlos. Que fale de você para a mãe dele. Que diga que vai proteger você de animais selvagens como lagartixa, barata e sapos. Que não tenha medo de dizer que tem medo de algumas coisas. Que não fique dando uma de machão, ele pode ser fraco com você. Pode pedir ajuda pra você. Pode pedir conselhos pra você. E você dará com o maior prazer. Um dia você conhecerá um cara que fará você acreditar que vale a pena o esforço. Vale a pena alguma lágrima que cai. Vale a pena esperar por ele. Vale a pena sonhar, acordada ou não, com ele e com tudo que virá e com a forma que você quer que tudo seja. Aquele cara que conhece você. Que admira você. Que respeita você. Que tem intimidade com você. Liberdade. Que vai achar você linda mesmo que você não tenha passado um rímel sequer. Que você se sente à vontade pra andar na rua de qualquer jeito, nem que seja de calça jeans e havaianas e mesmo assim você estará a mulher mais maravilhosa do mundo. Que você não sinta vergonha de dizer “eu não sei”, pois ele vai te explicar o que você não sabe. Que ri dos seus risos. É solidário com seus receios. Que acha você idiota nos devaneios românticos. E que gosta da sua idiotice. E que gosta de você, mesmo você sendo uma grande chata de vez em quando. Que queira escutar as batidas que o seu coração dá. E queira andar com você de mãos dadas por aí…pra qualquer lugar.

23 de agosto de 2014

Cansei...



"Já não tenho paciência para algumas coisas, não porque me tenha tornado arrogante, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece perder mais tempo com aquilo que me desagrada ou fere. Já não tenho pachorra para cinismo, críticas em excesso e exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem ...quer retirar-me o sorriso. Já não dedico um minuto que seja a quem me mente ou quer manipular. Decidi não conviver mais com pretensiosismo, hipocrisia, desonestidade e elogios baratos. Já não consigo tolerar eruditismo seletivo e altivez acadêmica. Não suporto conflitos e comparações. Acredito num mundo de opostos e por isso evito pessoas de carácter rígido e inflexível. Na Amizade desagrada-me a falta de lealdade e a traição. Não lido nada bem com quem não sabe elogiar ou incentivar. E acima de tudo já não tenho paciência nenhuma para quem não merece a minha paciência."

7 de julho de 2014

É preciso tentar



Pode parecer ironia, mas acredito em outro tipo de ousadia. Pois quem irradia vontade e não demonstra atitude não quer que a coisa mude. Talvez o querer esteja tão perto do amar que nos ponha medo. E fugimos em segredo por não saber evitar. Muita voz pra poucos nós. Quem adia o desejo perde alguns beijos. Quem adia a felicidade é covarde.

- Noemi Prates